Meu amigo, se você está lendo essa mensagem você tem mais chances de sobreviver do que qualquer outro.

Vou te contar como tudo aconteceu pra você ficar por dentro das coisas e estar preparado também…

COMEÇOU COM EU FUGINDO. Eu corria, tava correndo pra caralho. E estava com o braço machucado devido à queda – havia pulado de uma janela de uma altura considerável.

Eu sempre ficava muito puto quando via os jogadores saindo da partida por terem machucado o braço.
Eu pensava: “Porra, mas ele joga com o pé, não com a mão, caceta!
Mas eu percebi que com o braço fodido o equilíbrio não fica mais a mesma coisa, eu tava pechando nas paredes toda hora e corria o risco de tropeçar e cair em cima do braço. Desculpa jogadores, eu não sabia!

Cheguei numa praça, onde eu poderia me misturar e talvez despistar meus perseguidores e diminui o passo.
Lá tinha um cachorro vira-lata de três patas.
Ele virou pra mim e falou:
– Por que foges, Celso, meu caro?
Eu parei ao lado dele, meio sem fôlego, e expliquei tudinho pra ele.

As pessoas à minha volta nem ligavam por eu estar falando com um cachorro. Então eu percebi que havia esquecido de perguntar uma coisa a ele:
– Como sabe meu nome?
– Você é um dos nossos – respondeu ele, tentando se coçar.

Ele me explicou que eu era um dos poucos que podem enxergar os inimigos da humanidade. E era verdade mesmo.


Você vai ficar meio chocado de início, mas os seres do nosso folclore existem de verdade! E muitos são maus. E estes são responsáveis por grande parte dos crimes não solucionados, alguns destes, sexuais.
Eles fazem isso porque estão putos por terem sido esquecidos. Putaços, você nem imagina.

Por que você acha que a sua cidade está tão poluída? Fábricas? Não.
Infestação de sacis-pererê é a reposta! Milhares e milhares deles fumando seus cachimbos nos becos. É nisso que dá.

Quando o cachorro tri-patas acabou de falar, um BOITATÁ apareceu no meio da praça. E era dos grandes. Minha dor no braço até passou.
Parece que é só falar desses filhos da puta que eles pensam que foram chamados.

As pessoas nem o notaram porque não podem enxergar a Verdade. Pelo menos ainda. E elas estão sempre tão ocupadas com seus probleminhas egoístas que nem se importam com lendas antigas que são verdade…

O boitatá, para os desavisados, é uma serpente gigantesca de fogo. Ele é rápido, por isso você tem que estar sempre em movimento. Senão ele te cerca e te queima o rabo. E todo o resto.

Eu rolei pra perto do chafariz da praça. E pela primeira vez as pessoas me notaram. E para elas era apenas um tonto rolando no chão. Talvez tenham achado que eu era um bêbado, sei lá.

Eu gritava: “Se abaixem! É o boitatá! Cuidado!” – Mas o pessoal nem tchum.

O boitatá veio com tudo em minha direção. Meu instinto foi jogar água do chafariz na cara dele, mas isso apenas o irritou, fazendo um som de tssssssssssss.

– A única forma de derrotar um boitatá é laçando ele! – gritou o cachorro tri-patas do outro lado da praça.

A única coisa que eu vi ali por perto era um cesto de lixo de alumínio, então foi com isso mesmo que eu tentei laçar o boitatá.

Arranquei ela da base, fiz mira e atirei a porcaria na direção dele.
O boitatá desviou da lixeira com certa habilidade, acho que não era a primeira vez que tentavam laçá-lo com uma merda dessas, acredita?

Só sei que o cesto de lixo foi acertar bem na cabeça de um casal que estava sentado num banco ali perto.

– Foi mal aí – berrei – Eu queria acertar era o boitatá!

– Eu já chamei a polícia, seu filho duma puta! – gritou o rapaz, todo sujo.

– Valeu! – eu disse, porque não sabia o que responder.

O combate continuou até eu ouvir o barulho de sirenes. Aquele jovem rapaz era mesmo um homem de palavra!

Eu estava no meio da praça, com uma garrafa quebrada na mão e usando outra lixeira como escudo. O calor das labaredas do boitatá me faziam suar enquanto eu pulava de um lado para o outro tentando evitar a morte iminente.
As pessoas olhavam apavoradas, assistindo à grande batalha que se seguia. Acho que torciam pra mim.

Então, um carro de polícia estacionou em local proibido, eu vi bem, e dois guardas desceram. Eu pensei que pra me ajudar, mas era mais pra me atrapalhar!

– Senhor, por favor largue essa garrafa antes que alguém se machuque – gritou um dos guardas.

– Porra, então manda ele largar o lança-chamas dele, carai!

– Senhor… – ele pensou um pouco, mas quando me viu rolar no chão com grande destreza para desferir um golpe certeiro na face do boitatá, o guarda resolveu se calar. Eu realmente sou muito foda.

Ele voltou para o carro, talvez pra chamar os amigos pra assistir. Sei lá. Mas pra me ajudar que não era!

Só que quando eu estava quase derrotando aquela besta terrível e chamejante… um exército de curupiras capoeiristas chegaram, alguns montados em ferozes mulas-sem-cabeça.
Com seus pés virados eles começaram a me dar rasteiras e chutes tão fortes e mal-cheirosos que eu não conseguia mais parar em pé. Tive que correr na primeira chance que me deram.

Na saída da praça quase fui atropelado por uma ambulância que chegava. Desceu dela um cara conhecido:

– Celso! Porra Celso, o que você tá fazendo aqui? Te procurei por toda parte! Vamos voltar. O Dr. Moacir está preocupado com você. Vamos, já passou da hora do seu remédio. Olha, mas não conta pra ninguém que eu quase te atropelei, certo?

– Eu não vou voltar, Clóvis – respondi ao enfermeiro – Eu tenho uma missão a cumprir. Diga a eles que eu te bati e te deixei inconscien… – O filho da puta do Clóvis me deu uma injeção e eu apaguei na hora. Ele sempre fazia isso.

Me levaram de volta pra essa merda de lugar. Tenho que ficar tomando remédios que me deixam grogue e fingir que não vejo seres e monstros folclóricos atacando a cidade. Mas eu vejo! Porque são de verdade, caraio!
Mas dessa vez eu consegui fazer com que a verdade seja espalhada.
Ela chegou até você. Pelo menos isso…

Meu amigo. Você acha que o que você vê é a realidade?
A verdade é que você nem sabe qual é a verdade, manja?

Se você pensa que mulheres gostosas não têm caganeira… A verdade é triste meu amigo.

Se você pensa que aquele mendigo pra quem você deu dinheiro foi realmente comprar marmitex… Pense melhor.

Se você pensa que aquele careca maloqueiro ficou mesmo cuidando do seu carro, o tempo todo, enquanto você foi ao estádio assistir Parmêra X Ponte Preta… Pense de novo!

Se você pensa que a sua filha adolescente é virgem e nunca se exibiu na webcam… Você não está nem perto da verdade.

Boa sorte!

»

  1. Ninde Vardamir disse:

    É isso que dá tomar chá de lírio…surtou geral…

  2. Sarah disse:

    kkkkk Pelo menos é criativo

  3. jeeh disse:

    kkkkk se vc pensa que o que ele falou é verdade..vc ta fudido! Kkk malucoo

  4. carolzinha 19 disse:

    Vcs não acreditam nele? ÉH VERDADE eu tambem vejo!! semana passada eu vi o saci-perêrê comendo a sereia Iara……….

  5. anjo disse:

    escrever o nome dele () embaixo do pé esquerdo e bater no chão por 3 vezes dizendo
    debaixo do meu pé esquerdo te prendo (pcas) te amarro (pcas) e te matenho (pcas) pelos poderes das 13 almas benditas.Que assim seja.Que voce venha me procurar dizendo que me ama e quer ficar sempre comigo.
    Enquanto voce não vier, não ira comer, nen dormir e nem tera vontade de outra mulher ao seu lado a não ser eu (mrt) enquanto não vieres a mim seu descanso será como tem as almas do purgatorio queimando vagando constantimente enquanto a mim nao retonares nao tera paz e nem sossego. Assim seja e assim será ( publicar no mesmo dia 4 vezes, e se sonhar não revele o sonho a ninguém

  6. anjo disse:

    escrever o nome dele () embaixo do pé esquerdo e bater no chão por 3 vezes dizendo
    debaixo do meu pé esquerdo te prendo (pcas) te amarro (pcas) e te mantenho (pcas) pelos poderes das 13 almas benditas.Que assim seja.Que você venha me procurar dizendo que me ama e quer ficar sempre comigo.
    Enquanto você não vier, não ira comer, nen dormir e nem tera vontade de outra mulher ao seu lado a não ser eu (mrt) enquanto não vieres a mim seu descanso será como tem as almas do purgatório queimando vagando constantimente enquanto a mim nao retonares não terá paz e nem sossego. Assim seja e assim será ( publicar no mesmo dia 4 vezes, e se sonhar não revele o sonho a ninguém

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s