Ontem depois do trampo resolvi passar no barbeiro, pois sábado é Dia dos Namorados e eu tenho que estar ajeitadinho pra minha nega.
Já estava começando a escurecer e na primeira passada com o carro vi que tava difícil achar uma vaga.

Quando avistei uma fui diretão e, ao estacionar, olhei pro lado e percebi que tinha parado exatamente em frente à uma armadilha: um mendigo sentado.

Puta que pariu, tô curto de grana esse mês, pagando minha moto.
Já tinha gastado a maior grana com o presente pra minha nega, estava pra gastar mais com cabelo e barba. E agora ainda tinha que dar esmola pra vagabundo?!?!

Ainda dentro do carro já fui mexendo na carteira à cata de moedas, mesmo puto e na pindaíba eu pensei: “Talvez com essa boa ação Deus me abençoe no sábado com uma boa foda.”

Quando desci do carro trancando a porta, já com o dinheiro na mão, eu vi o filho da mãe me olhando com a boca aberta – pronta pra contar a historinha de sempre.

Mas nessa hora meu santo me iluminou e uma buzina de carro soou forte lá na esquina.
O mendigo se distraiu, olhou pro lado e eu fui embora!

Guardei minha moeda de 50 centavos no bolso, sorrindo.
Quando voltei do barbeiro ele não tava mais lá.
Eu sou foda!

Alexandre.

Uma resposta »

  1. Monteiro disse:

    Fuck yeah! hehehehehehe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s