invasao_privacidade

Eu não gosto que mexam nas minhas coisas. Vocês gostam? Duvido que alguém goste. Ainda mais quando os xeretas são nossos pais. Dependendo do que eles encontram, isso pode foder a nossa vida por um bom tempo.

É exatamente por isso que na adolescência nós aprendemos a não deixar pistas. Muitos são burros e nunca aprendem. Mas se quiser sobreviver, você precisa ser bom nisso.

A todos eu sempre aparentei ser um rapaz direito. É lógico que a verdade não é essa, mas o disfarce sempre funcionou muito bem. Meus pais confiam em mim e têm certeza absoluta de que não bebo, não fumo, não uso drogas e não ando com más companhias. E essas coisas são verdade! Só que fazem parte do disfarce. O que significa que o que eu faço é pior que drogas. hehehe

Bem, voltando ao tema invasão de privacidade.
Aconteceu que domingo eu acordei com a minha mãe apertando meu pescoço. Ela disse que só queria me acordar mesmo. Também disse que na noite anterior meu pai não tinha o que fazer e começou a mexer nas minhas gavetas, usando como desculpa que ia consertar uma delas que estava torta.

Ela disse que ele deve ter encontrado alguma coisa horrível, pois ele mandou ela pro inferno quando ela perguntou o que eu tinha feito.

Gelei, é claro. O que poderia ser? Eu sou tão cauteloso, pensei, tão metódico, beirando o profissionalismo.

Ela interrompeu meus pensamentos me perguntando se eu usava drogas.

Eu fiquei indignado. Não por ela pensar isso de mim, mas por subestimar a minha inteligência ao achar que eu esconderia drogas na gaveta do meu quarto…

A cara dela estava acabada, nem havia dormido direito. O que me deu mais ansiedade ainda.

Só que eu não conseguia pensar em nada que eu poderia ter feito de errado. Todas as porcarias que continham na gaveta faziam parte do “projeto”.

Para os pais o disfarce tem que ser mais complexo. Não se pode tentar parecer perfeito. A perfeição não existe e por isso vão perceber que é puro fingimento e que “aí tem coisa”, entendem?

Temos que “deixar escapar” alguma coisa. E é por isso que na gaveta só continha filmes pornográficos, tickets de drive-in que eu coleciono como souvenirs das putarias e várias camisinhas. Tudo deliberadamente aparentando estar escondido embaixo de papéis, mas para ser encontrado. Assim meu pai me considera um fodedor e minha mãe me considera um pervertido sexual, o que é perfeitamente normal para um adolescente. ISSO é perfeito.

Cansei de esperar e me remoer e fui ter uma conversa com meu pai. Eu estava visivelmente indignado pela falta de confiança da parte dele.

Como de costume ele estava na cadeira da cozinha lendo jornal, de costas para a porta. Eu cheguei, tocando seu ombro e já perguntando:
– Pai, você não confia em mim?
Ele virou a cabeça na minha direção, os olhos dele se arregalaram:
– Por que você me pergunta uma coisa dessas, filhão?

– É que eu percebi que mexeram na minha gaveta ontem à noite…

– Eu estava arrumando. Você sabe que ela tava torta, não?

– Sei…

– Não sei de onde você tirou isso. Eu nunca duvidaria de você, eu confio totalmente em você e você sabe disso.

Ele foi sincero. E pelo sorriso dele ao dizer isso eu notei que ele havia descoberto a pornografia. E que estava orgulhoso.

Pronto. Checado. Alívio.
Guardei discretamente meu canivete no fundo do bolso. E fui tomar café.

»

  1. Franciene disse:

    Gatinho to curiosa o q vc faz q é pior q drogas rsrsrs….

  2. Franciene disse:

    Á e acho q tds nós aparentamos ser o q não somos para nossos pais. sabe meus pais pensão q sou uma garota aplicada e comportada, e se bobear acho q pensão até q sou bv. rsrs… Em eu gostei de vc. vc tem msn???
    me add lá pra gente conversar. bjo.

  3. Alexandre disse:

    A coisa é bem desse jeito mesmo, so que ja fui pego, e a “farça” ja não é tão grande como era antes hehe

  4. Victor disse:

    realmente, eu tbm tenho meu disfarce de menino comportado, sem pretenções para os meus pais, mais fora de casa… asuhaushu eu faço cada coisa e penso de um jeito q se alguem falasse a eles, eles jamais pensariam que sou eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s