Meu nome é Clovenildo, eu era membro fiel da Assembléia de Deus, marido compreensivo e fazia todas as vontades da minha amada e linda esposa. dentro das Leis de Deus, é claro.

Trabalho carregando sacos de cimento onde a maioria (e até meu patrão) é de católicos, que caçoavam de mim o tempo todo, pois não entendiam e não levavam a sério as Escrituras Sagradas.

Eu era o honesto, gentil, educado, generoso, fiel, trabalhador e fazia todo o possível para merecer o Reino dos Céus.

Um dia desses encontrei um amigo de infância, da época da escola, que eu não via há muito tempo. O cara é gente boa, trabalhador também, mas havia se afastado há muito do caminho de Deus.

Depois de conversarmos e relembrarmos as idiotices da juventude ele me convidou pra jogar bilhar e tomar cerveja.
Eu, percebendo pela conversa que ele necessitava de Jesus na vida, aceitei uma partida de bilhar, mas dispensei a bebida alcoólica.

O pastor Leonaldo nos incita a assediar pessoas perdidas e pregar a palavra de Deus a eles e tentar de tudo para trazê-los de volta para Jesus. E era isso que eu estava fazendo.

Fomos num boteco e começamos a jogar, fazia muito tempo que eu não jogava, desde que eu havia me convertido.

Comecei a questioná-lo sobre a sua religiosidade, mas logo percebi que não ia dar certo. Então comecei a perguntar sobre a vida dele, tentando achar um ponto fraco e mostrar que com Jesus isso iria melhorar.

– Minha vida tá foda, cara! Bebo pra cacete, não devo a ninguém e como putas deliciosas quase sempre, pois sou solteiro e me sobra uma boa grana. Casado só toma no cu, cara. Só se fode, se atola nas contas e morre cedo, e infeliz!

Eu era casado, minha vida sexual era fraca e minha situação financeira estava apertada justamente devido ao casamento e, Deus me perdoe, ao Dízimo. Mas mesmo assim eu não hesitei com o Senhor. Segui fiel.

Aí ele me perguntou se eu tava feliz com a minha vida. E eu menti que sim.

– Mas não é um tédio, cara? – perguntou ele – Nada de cerveja? Nada de mulher gostosa? Nada de putaria? Nada de nada? E ainda tem que dar dinheiro pros engravatados! Que isso cara?

– Mas eu tenho Paz Espiritual. A Paz de Deus.

E então, como que tomado pelo Espírito Santo, meu amigo biscateiro citou um trecho bíblico:
–  Mateus 10:34 – “Não penseis que vim trazer paz à Terra: não vim trazer paz, mas uma espada.” – Foi o que Jesus disse, cara.

– Mas… – eu já ia contestá-lo, mas ele continuou.

– PAZ É COISA DE GENTE SUBMISSA. Deus não quer que você seja submisso, um bostinha. OS HOMENS QUEREM QUE VOCÊ SEJA SUBMISSO E DÊ SEU DINHEIRO A ELES. Nunca vi Jesus pedindo grana.

– Mas é que…

– O que Jesus faz com toda essa grana??? Compra roupas caras? Carros importados? Mansões enormes? Jesus não pregava a humildade???
Os pastores sim, eu vejo com roupas caras e carros importados!!! COM O SEU DINHEIRO.

– Mas…

– Homem de verdade não é submisso. Deus quer homens de verdade do lado dele. Não bichinhas submissas que dão seu dinheiro pra falsos profetas.
Aposto que você paga tudo pra sua mulher e fica sem nada.
Aposto que você fica sempre por baixo na foda!
Aposto que ela controla a televisão!

– É…

– Você não pode ser considerado homem, cara. – continuou ele.

– Eu não posso ser considerado homem – concordei. E era verdade.

– HOMEM TEM QUE HONRAR AS BOLAS QUE TEM!

– O que eu faço, cara? – perguntei com desespero nos olhos.

– Seja homem!

– Me ajuda cara!

– Um homem tem que beber, fornicar e matar. UM HOMEM TEM QUE SER CAPAZ DE MATAR UM HOMEM. SENÃO ELE É INÚTIL.

Tinha outros caras no boteco, uns quatro jovens perdidos, bebendo e jogando na outra mesa.

– Tá vendo aqueles merdas ali? – perguntou meu amigo – Era pra eles estarem na escola. Boteco é lugar de homem e não de pirralho.

– É mesmo, coitados. Perdidos, precisam de Jesus.

– E o que Jesus disse que veio trazer a nós? A PAZ? A SUBMISSÃO?

– A espada – respondi.

– Seja homem – ele disse.

Me aproximei dos jovens. Deviam ter uns 16, 17 anos. Estavam bebendo cerveja, fumando e falando asneiras.
Passei por eles e esbarrei com o ombro no peito do maior deles.

– Se liga, maluco – ele disse – tá querendo encrenca?

– Não – respondi.

– Fica de boa aí, otário, que a gen… – Mas antes de ele terminar de falar eu peguei um taco e bati com toda a minha força, quebrando na nuca dele.
Ele caiu sobre a mesa, atordoado.

– Vocês deviam estar estudando, seus vagabundos. E de menor não pode beber.

– Vai se foder seu maluco! – disse um deles.

Levantei o taco quebrado e apontei a parte lascada, que agora era uma ponta afiada, no pescoço dele.
Aí eu girei o taco e acertei a barriga dele, enquanto dava uma joelhada no saco. Puxei-o pelo cabelo e olhei bem nos olhos do infeliz. Eu vi medo.

Uma fúria implacável se apossou de mim. Um ardor no estômago que subia pelo corpo e fazia meu sangue ferver. E eu senti sede de sangue, de ossos quebrados e justiça. E então eu tive certeza de que era DEUS agindo em mim.

Berserker Rage

– SEU BOSTA! SEU VAGABUNDO FILHO DUMA PORCA BERNENTA!

Dei um murro no nariz do desgraçado, que só trazia desgosto pra porca e ele caiu desmaiado, ou fingindo que estava desmaiado.

E nessa mesma hora o meu amigo chegou dando uma voadora nas costas do outro. Este voou longe, pra fora do bar, caiu no meio da rua, que era o lugar dele, e quase foi atropelado. hehe

O outro ficou olhando para nós e então tentou fugir correndo. Mas meu amigo jogou um taco nas pernas dele, que se atrapalhou e tropeçou, caindo no chão.
Chutamos a barriga, a bunda, a cabeça e mandamos ele levantar. MANDAMOS ELE SER HOMEM.

Ele não levantou. E eu, ainda tomado por aquela sensação inebriante de poder, abri a braguilha e comecei a mijar em cima do moleque idiota e covarde.

– VOCÊ NÃO É HOMEM…

O primeiro que eu acertei havia se levantado e veio na minha direção. Virei pra ele, acertando mijo em seu tênis e o escorei com o cotovelo em seu peito. Guardei meu pau na calça e peguei ele com a mão mijada pelo colarinho e o atirei por cima das mesas de bilhar, como eu fazia com os sacos de cimento.

– PUTA MERDA, EU NUNCA ME SENTI TÃO BEM NA MINHA VIDA! – berrei.

– Tá vendo? – disse meu amigo.

– Cara, você salvou a minha vida. Eu te devo uma!!!

– Uma o que? – perguntou ele.

– Uma puta, é claro.

E fomos direto pra um puteiro, onde paguei uma puta loira tetuda pra ele, pois ele merecia.

Agora sou um homem de verdade. Perdi muito tempo da minha vida sendo submisso, tolo, medíocre e INFELIZ.

Cheguei em casa mandei minha mulher tomar no cu, comi ela de quatro, puxando seu cabelo e gozei na cara dela.

Ela ficou muito assustada, mas eu percebi que ela adorou ter um homem de verdade em casa. E seus olhinhos brilhavam. Puta.

No outro dia acordei cedo e fui trabalhar.

Os caras do serviço, acostumados com meu pacifismo já começaram a zoar:
– PAZ DE DEUS IRMÃO. REZOU MUITO ONTEM? DEU MUITO DINHEIRO PRO PASTOR???

Joguei um saco de cimento em cima do filho da puta e subi em cima, fazendo mais peso. Eu não tenho que aguentar isso, pois não é isso que Deus quer. Minha mãe passou por uma dor lazarenta pra me parir, e não me pariu pra ser um fraco.

Ninguém mais me zoa no serviço e em nenhum outro lugar. Agora todos me respeitam. Porque agora eu sou Homem. E antes que eu me esqueça: Vai tomar no seu cu.

»

  1. taty disse:

    absurdo seu ridiculo! Agora sério: você acha que Deus aprovou e gostou dos seus atos?
    REFLITA

  2. lUCAS PORTELA ………….QUE COISA FEIA,PORQUE ÉS UM ASSEMBLEIANO,VC CHAMA VALDEMIRO SANTIAGO DE besta?AQUELA DO APOCALIPSE?DO NUMERO 666?VC PRECISA PEDIR SABEDORIA QUE DEUS VAI TE DAR DE GRAÇA.E NÃO JULGUE PARA NÃO SER JULGADO.LEMBRE-SE DEUS NÃO SE AGRADA DE SACRIFICIO DE TOLOS E MUITO MENOS DE FICARMOS CRITICANDO NOSSO SEMELHANTE.FAÇA SUA PARTE E ORE PELO APÓSTOLO VALDEMIRO SANTIAGO.

  3. jorgesmith disse:

    Apesar de não ser favorável a violência, gostei do desdobrar da estória.A maneira como o seu brô foi buscar na bíblia uma resposta foi convincente.

  4. Ricardo disse:

    Bom, acho que pra ser homem nao precisa de violencia… mas homem submisso em casa, aquele cara que só pensa na mulher, faz tudo pra mulher e para o mundo, e se esquece dele mesmo, eh infeliz!!! e isso é fato! Adorei a historia…
    Abs.

  5. Monteiro disse:

    Huahauhauahuahuahauhau! muito boa essa historia maluco!
    Me espoquei de rir aqui cara!
    APÓSTOLO VALDEMIRO SANTIAGO vai tomar no cú ladrão filho da puta!! e todos os que acreditam nessa porra ue ele fala!!!

  6. […] This post was mentioned on Twitter by Fernando Cezar. Fernando Cezar said: Huahuhuah… Muito bom o texto! RT @lagz89: Fui resgatado http://bit.ly/cJPqov […]

  7. Eduarda disse:

    ótimo poster, Parabéns pelo blog! possue um conteudo muito bom, estou sempre aconpanhando. Quando poder visite o meu tb, te um conteúdo legal, http://sofamosidade.blogspot.com bjs

  8. Charles nao e meu nome disse:

    Cara, se falo com verdade Deus nao quer homen covarde, pelo contrario Deus quer homen valente temer so a Deus e nao deixar ninguem cagar na sua cara.

  9. Deus disse:

    Eis que entre os meus filhos haverao os que usarao meu nome em vao. Voce nobre Clovenildo, sim voce tera sua recompensa no reino dos ceus. Eu o criei semelhante a mim, e portanto quero que demonstrem atraves de suas obras o meu poder. Deus é poder.

  10. FERNANDO BRUM disse:

    IRMAO DE JESUS VOCE NAO PODE ANDAR COM ESSAS PALAVRAS NA BOCA VOCE NAO TEM JESUS NA SUA VIDA NAO SUJEITO SAFADO DEUS NAO VAI TE ACEITAR NO CEU NAO FALO MEU AMIGO DE DEUS NOS FIM DOS TEMPOS VOCE MANDA O APOSTOLO IR TOMAR NO CU FALO A PAZ DO SENHOR MALUCO E FIQUE COM DEUS.

  11. MEU IRMAO TEM DEUS NA SUA VIDA SE ELE E ISSO FIQUE CALADO NOS FIM VOCE IRA PAGAR ISSO TABOM E PARA O SEU BEM PORQUE EU NAO QUERO ISSO NA SUA VIDA AJUELHA E PEDE PERDAO A DEUS EM NOME DE JESUS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s