Eu sempre passava minhas férias de fim de ano no sítio do meu tio.

Eu lembro bem, era novembro de 1999, e eu estava chegando lá no sítio quando apareceu um negão, todo sujo e mulambento, pedindo emprego e lugar pra morar. Não tinha esposa, nem filhos.

Que puta cara mais feio! Era dentuço, tinha olhos esbugalhados e era meio corcunda. Fedia como se estivesse morto há dias.

Negão fei dos carai!

Negão fei dos carai

Meu tio botou ele em experiência pra trabalhar tirando leite das cabras, limpando as merdas, essas coisas. E apesar da feiura, o negão trabalhava bem. Então arranjaram uma casinha pra ele no sítio.

Passado um mês, era mais de meia noite, eu acordei com o barulho das cabras balindo feito doidas.
Todo mundo da casa acordou. Ficamos com medo de ser ladrão. Mas meu tio achou que era alguma raposa ou talvez o Saci-pererê.

Então ele pegou uma espingarda dois canos e saiu porta afora. Eu fui junto. Ele ralhou comigo, mas eu não estava nem aí. Sempre quis ver o Saci.

Ele se aproximou devagar, sem fazer barulho, para não espantar seja lá o que fosse. E eu também ia atrás dele, pé ante pé.Chegamos na cerca onde ficavam as cabras, nada de errado. Mas elas estavam inquietas.

Contornamos a cerca e não encontramos nada. Então meu tio foi até o curral.
O curral só tinha uma porta, e estava aberta. Muito estranho.

Meu tio fez sinal pra mim, avisando que ele ia ir com tudo e pegar de surpresa o visitante inoportuno.

Corremos feito loucos até o curral e quando chegamos na porta, pulei pro lado e acendi a luz, enquanto meu tio fazia mira com a espingarda.

A cena que vimos nunca mais saiu da minha mente. Destruiu a minha infância e me causou um trauma irreversível.

Uma cabrita estava amarrada por uma corda e, atrás dela, de cócoras, estava o negão feio do diabo chupando a buceta dela. Chupando a buceta de uma cabra!

A ira de meu tio foi terrível. Ele não sabia nem o que fazer com tanto ódio. Ele não iria permitir uma desonra dessas em seu próprio sítio.

O zoófilo desgraçado veio se ajoelhando em direção ao meu tio, limpando a boca com a manga da blusa e dizendo que podia explicar a situação.

Meu tio não teve misericórdia. Meteu 6 tiros no desgraçado chupador de cabras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s