Sempre morei sozinho, nunca gostei muito das pessoas. Elas são falsas e mentirosas. Em 1999 eu vivia numa casa barata em uma cidadezinha do interior do RJ.

A primeira vez em que vi Marcela, foi quando eu estava tomando uma Brahma na escadaria na frente de casa. Eu tinha esse costume. Era de manhã bem cedo, o leiteiro estava entregando e recolhendo o leite das casas quando eu a avistei: Linda, branquinha de olhos castanhos. 
Me apaixonei desde o primeiro instante.

Me aproximei dela e acariciei sua cabeça. Ela rebolou pra mim, alegre, me dando um olhar sedutor. Fiquei extremamente excitado e já ia partir pra azaração quando minha vizinha abriu a porta pra pegar o leite e me deu bom dia. Marcela era sua cachorrinha de estimação.

Entrei em casa e não conseguia mais tirar os pensamentos do olhar de Marcela. Não sabia mais o que fazer, eu tinha que possuir ela pelo menos uma única vez. Pensando nisso eu fui tomar banho e bati uma punheta pensando nela.

O destino fez a nossas vidas se cruzarem quando a velha minha vizinha foi viajar pra passar uns tempos com a filha dela.

Ela gostava de mim porque uma vez eu arrumei o chuveiro dela de graça. Os outros vizinhos eram tudo crente e não gostavam de animais
Então ela bateu na minha porta, meio desanimada, já na certeza de que eu não ia aceitar cuidar da Marcela enquanto ela estaria fora. Mas eu aceitei com grande entusiasmo! Claro, essa era minha chance.

A velha viajou e fiquei sozinho com Marcela. 
Não demorou muito para eu começar a tentar seduzí-la. Comprei carne de primeira, fiz um belo jantar pra ela e mais tarde lá estávamos os dois na cama.

Fiz amor com Marcela. Coloquei ela de quatro, levantei seu rabo e mandei ver bem gostoso! Fizemos em várias posições, ela com as patas pra cima, de ladinho. Foi uma delícia e ela com a linguinha de fora, pedindo mais.

Aquela foi a melhor época da minha vida.
Eu mandei fazer um lindo vestido pra ela. Ela parecia uma princesa em minha casa. Eu a levava pra passear, levava ela no shopping para tomar banho e podar as unhas (às vezes ela me arranhava quando fazíamos amor). Ela adorava andar de carro, com a cabeça pra fora, orelhas ao vento. 

Como éramos felizes…

Mas nada é para sempre. Depois de um mês a velha retornou da viagem e tive que devolver Marcela à ela.

Fiquei muito triste, meu amor foi embora. Eu estava acostumado com a sua presença do meu lado na cama. 
Às vezes eu via Marcela no canto do quarto e quando ia olhar ela não estava lá. Eu estava ficando louco!

Desesperado, eu tomei uma decisão. Eu precisava tê-la de volta de qualquer jeito. Compraria ela da velhinha a qualquer preço, faria qualquer coisa. Qualquer coisa.

Numa manhã eu estava bebendo na frente de casa, como de costume. E então chegou o leiteiro. Ele me entregou o leite e colocou uma garrafa na frente da porta da velha.

Na mesma hora tive uma idéia. Entrei em casa, peguei veneno de rato e coloquei no leite da velha! Eu sei que foi errado, uma atitude desumana, mas foi por amor. Com a velha morta, Marcela ficaria sem dona e eu poderia tê-la para sempre ao meu lado e me perder em suas curvas e beijar seu nariz gelado enquanto apertava uma de suas oito tetas maravilhosas.

Aconteceu como eu previ. Mas não totalmente como eu previ. A velha dava leite pra cachorra também! Puta que pariu, onde já se viu dar leite pra cachorro? Gato tudo bem, mas cachorro? Vai se foder, que velha desgraçada.

Três dias depois, os outros vizinhos suspeitaram e arrombaram a porta. A velha jazia morta no chão da cozinha e ao seu lado Marcela, durinha, com a lingua de fora. Aquela cena vai me assombrar pelo resto da vida.

Nunca mais amei ninguém depois de Marcela.

»

  1. wilsondocarmo disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    isso eh psicose
    uhauhauhaua lol

  2. tuberculoso disse:

    eu pensando que eu que era doente.
    cara,tu vai queimar no fogo do inferno>><

  3. suzanboyle disse:

    fé meu amigo. é melhor que nunca ter amado.

  4. anonimo disse:

    carai alen de zoofilia isso é doença

    pega a filha da velha tenha uma filha ou uma cadela chamada marcela

    ou pege uma mulher chamada marcela

  5. Monica disse:

    Meu Deus isso é verdade?
    Ridiculoooooooooooooo!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s