Oi, meu nome é Fábio, tenho 33 anos.

Eu lembro de quando eu tinha 14 anos e meu pai me pegou fumando um de seus cigarros e tomando um trago de pinga.

Ele ficou furioso e puto da vida, mas como ele era bondoso, ao invés de me bater, ele foi até a cozinha e voltou com uma caixa de charutos e uma garrafa da Whisky Passport. Ele estava a fim de me dar uma lição.

Meu pai sentou ao meu lado, lotou meu copo com a bebida, cortou um charuto e acendeu.
Me ofereceu um trago e eu, envergonhado por ter sido pego em flagrante, não aceitei.

Ele insistiu que eu bebesse, então eu virei o whisky num gole só e dei uma pitada no charuto. Fumei ele todinho, me sentindo um patrão. E passei o resto do dia com a garrafa de whisky debaixo do braço entornando tudinho, que dia inesquecível. Desde então eu virei um pingaiada fumeiro.

Meu pai era foda. Meu ídolo. Me ensinou muito.

Tudo o que sou hoje, eu devo a ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s