Vou-lhes contar um fato sobrenatural que aconteceu comigo em Maio desse ano.
Eu estava tomando uma gelada num boteco fodido. Gostava de beber lá porque a cerveja é mais gelada, só por isso.
Eram mais ou menos 11 e meia da noite. Quando pedi a sétima saideira me apareceu uma vagabunda suja toda esfarrapada.
Seu nome era Cláudia, disse que tinha 21 anos mas parecia ter 30. Eu não perguntei nada disso, ela mesmo se apresentou. Ela tinha o cabelo todo desgrenhado, usava um shortinho que mostrava o joelho todo ralado. Seu bafo fedia a pinga e cigarro.
– Me paga uma cerveja, moço?
– Vai trabalhar sua vadia! Se precisa de dinheiro, vende essa sua buceta lá na esquina!
– 5 reais chupo seu pau – ela disse séria.
– Mas você é uma puta mesmo! Chupa bem?
– O melhor boquete do bairro.
– Isso é o que vamos ver. Vamos lá no meu carro – falei e dei um tapa na buzanfa dela.
– Depois me paga uma cerveja e um maço de Derby?
– Só a cerveja.

Entramos no carro e ela começou a fazer o serviço. Comecei a bolinar a vadia. Ela tinha um fedor de sovaco com urina que era quase insuportável. Mas ela tinha umas tetas legais de apertar.

Foi então que ela cravou os dentes na cabeça do meu pau.
– Sua filha da puta! – gritei.
– Tô com fome.
Dei uma cotovelada na nuca dela.
– Faz direito, vaca!
Aí ela mordeu meu saco com toda a força. Urrei de dor. Do saco ela foi pra minha virilha e começou a… sugar o meu sangue!
–  Puta que pariu que cê tá fazendo!? – Dei uma porrada nas costas dela e ela não desgrudou. Fiz cosquinha no sovaco, minha mão ficou fedendo, mas ela não se moveu. Continuou chupando minha vitalidade. Aí eu berrei:
– SUA PUTA EU TENHO UM MARTELO ALI ATRÁS! EU VOU BATER TANTO NA SUA BUNDA QUE VOU AFUNDAR O OSSINHO DO SEU CÓCCIX!!!

Ela levantou na hora. Olhou pra mim com os olhos em brasa e com a língua sibilando. Era uma visão demoníaca. Ela  pulou pela janela pra fora do carro. E ficou me olhando.
Joguei 5 reais, que ela pegou e foi correndo pro bar comprar cerveja e cigarro.

Acho que tive um encontro sobrenatural com uma vampira de bar. Houve mais casos de ataques assim aqui na cidade. Todos em botecos.

Uma dica para os cara que se confrontarem com ela: Aquela história de crucifixo e alho é tudo balela, a fraqueza dos vampiros está no ossinho do cu.

Obrigado.
Túlio Paiva

»

  1. LOL disse:

    HUAHUAUHA essa é engraçada uhauauhhua

  2. emma disse:

    kkkk gostei mais eu estava procurando alguma coisa mais verdadeira si alguem poder mi ajudar deixe comentarios vlw galera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s